Saiba escolher seu sócio


Muitas pessoas pretendem abrir um empreendimento, concretizando seus objetivos com a constituição de uma sociedade empresarial com amigos, parentes e ou investidores.

Neste post gostaria de refletir sobre a escolha e aspectos negociáveis que precisam ser realizados antes de se pactuar a sociedade. Este momento prévio é importante para o sucesso empresarial, pois a relação societária interfere na gestão do empreendimento.

Primeiro faz-se necessário saber escolher o potencial sócio. Nunca faça acordo para uma sociedade por conta do investimento que este suposto sócio vai fazer ou porque sua atividade exige uma constituição jurídica societária.

Averigue o perfil desse sócio quanto a:

  • valores que norteiam sua vida princípios éticos; 
  • visão de futuro do negócio;
  • grau de ambição;
  • enxergam o empreendimento como sobrevivência, um bico ou uma oportunidade; 
  • compatibilidade ou tolerância religiosa;
  • habilidade interpessoal no saber se relacionar com sócio(s), funcionário(s) e clientes;
  •  contribuições não financeiras para sociedade – conhecimentos, rede de contatos e tempo para atuar na empresa

Ao realizar a análise econômica e financeira do futuro empreendimento, verificar:

  • potencialidade do empreendimento de gerar o pró-labore aceitável para os sócios;
  • montante financeiro que cada um irá investir para compor o patrimônio societário;
  • definição da distribuição das cotas que irão representar a composição e responsabilidade do capital social da empresa.

Para o dia a dia da empresa é fundamental criar algumas regras antes de assinar o contrato social:

  • definição das retiradas financeiras e sua periodicidade;
  • decisões que cada sócio poderá tomar de forma autônoma ou em conjunto;
  • auditoria e acompanhamento do histórico financeiro da empresa;
  • atividades que cada um irá exercer no empreendimento;
  •  ter ou não a presença de familiares na gestão da empresa;
  • em caso de sucessão de um dos sócios, poderão os parentes assumirem ou as cotas terão que ser comercializadas para outro sócio, com concordância do atual sócio que pretende dar continuidade ao empreendimento;
  • por algum motivo haja a necessidade, um dos sócios precise se retirar da sociedade, qual será o procedimento ou tramitação de troca de sócio e o método de valorização ou precificação das cotas.

 O contrato social formal precisa retratar todos os aspectos negociados entre os sócios, no qual irão personalizar o conteúdo dos itens abaixo ou criar outros que comporão a estrutura desse contrato.

Segue um link da estrutura básica do contrato social, mas saiba que é só ponto de partida para desenvolver o da sua sociedade, com tudo que foi apresentado. http://www.dnrc.gov.br/Servicos_dnrc/Orientacoes_e_modelos/modelo_basico_contrato.htm

Tenha paciência e não atropele essa fase que ira contribuir para o sucesso da sua empresa e dessa relação societária.

Anúncios

7 comentários em “Saiba escolher seu sócio

  1. Pingback: Saiba escolher o seu futuro sócio « Mundo Sebrae

  2. Pingback: Você sabe escolher um sócio para sua empresa? « Sebrae Pernambuco

  3. Pingback: Sóciedades | SWX Sistemas - Desenvolvimento e Design Web | Aracaju, Sergipe | Aracaju, Sergipe

  4. tenho um salão de beleza em casa, e uma amiga esta querendo montar um big salão mas não tenho dinheiro, ela disse que seu esposa banca tudo ate o negocio começar a andar. o que devo fazer? como será a partilha dos ganhos? e como será esta sociedade?
    Obrigado!!!!

    • Gislaine,
      É uma situação que você precisa negociar com sua amiga todos os detalhes. Desde dos valores das cotas no contrato social até o grau de autonomia que você terá na empresa e sua remuneração.
      O contrato social será o retrato dessa negociação. Eu não tenho como de imediato dizer como será essa sociedade. Você precisa refletir se você vai ser uma funcionária desta empresa ou literalmente uma sócia! Um contrato de sociedade é um acordo de vontades!
      Fico a disposição para conversamos a respeito.

  5. Minha amiga tem um salao em sua casa, ela começou a pouco tempo o negocio, so q seu salao esta precisando d retoques para o conforto dos clientes, estou entrando como sua socia com o capital para esses devidos reparos.. Mas tenho duvidas em relação ,a divsão d lucros??,queria saber o q fazer, q profissional procurar , para nos orientar sobre essa divisão.

    • Grasyelle,
      Primeito sugiro você e sua sócia fazer o levantamento do investimento que cada uma está fazendo para estruturar o salão. Esse valor e especificamente a proporção do investimento de cada um será o percentual de direito de cada uma no empreendimento.
      Segundo, faça o levantamento financeiro atual e projete o que o salão poderá chegar a curto e médio prazo.O resultado desse levantamento lhe dará a clareza do valor total que se poderá retirar da empresa como remuneração de ambas as sócias.
      Terceiro, quanto a divisão da remuneração de vocês, vai depender de como cada uma vai atuar na empresa, como por exemplo, ambas vão trabalhar dentro da empresa? Se sim, veja como cada uma poderá avaliar se a remuneração de vocês será fixa, variável (comissão de venda) ou mista. Caso, só uma trabalhe, tende a sócia que não trabalha ser literalmente sócia cotista e sua remuneração será proporcional as cotas da empresa a partir do resultado financeiro final.
      Espero que tenha contribuído!

      Conceição

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s