Gestão financeira


É a grande questão de muitas empresas. Se não haver controle e acompanhamento financeiro, muitas coisas poderão acontecer… E só poderá perceber quando começa a faltar recursos para pagar as contas! Tudo começa, às vezes, atrasando as contas, não pagando os impostos, utilizando cheque especial… e por aí vai.

Então, toda empresa precisa ter:

  • controle de caixa,
  • fluxo de caixa,
  • avaliação constante da necessidade de capital de giro,
  • monitoramento dos controle a receber.

No controle de caixa é onde fica o gerenciamento imediato das entradas de recursos financeiros, como por exemplo, pagamento em dinheiro, cartão de crédito, débito eletrônico, em cheque.

Para iniciar o dia precisa de um fundo fixo de caixa que é aquele recurso que apoiará nas transações financeiras em dinheiro. No decorrer do dia precisa fazer as principais sangrias, que é a retirada de dinheiro, cheques, comprovantes das vendas de cartão de crédito. Essas retiras ajudará no monitoramento e na segurança da empresa. Toda retirada do caixa precisa ser registrado

O Fluxo de caixa é o painel de controle de todas as saídas e entradas de dinheiro. É uma grande ferramenta para fazer a gestão da situação atual e projetar o futuro. Dessa forma você não poderá ser pego de surpresa.

O capital de giro é o recurso financeiro que “oxigena a empresa”, permitindo flexibilidade nas estratégias da política de forma de pagamento. Para isso acontecer é necessário ter o domínio das seguintes informações:

  • Prazo de pagamentos dos fornecedores
  • Prazo de pagamento dos clientes
  • Tempo médio que o estoque fica na empresa

A partir dessas informações se calcula o capital de giro e se pode fazer a simulação da necessidade de aumentar ou não o volume a ser empregado, pois quando se pensa em fazer alguma promoção e que venha incentivar o pagamento a prazo, isto significa a necessidade de aumentar o volume de capital de giro!

O monitoramento do controle a receber será diferente a partir da modalidade de pagamento dos clientes, é necessário ter uma atuação preventiva e rápida para não aumentar o índice de inadimplência. É por isso que se tem evitado a formalização das vendas a prazo através de fichas de crediário e cheque pré-datado!

Entretanto, se o mercado em que você atua não tem como fugir da ficha de crediário e do cheque! Recomenda-se realizar a análise cadastral dos clientes antes de formalizar a venda e depois no monitoramento do pagamento! E ter toda rotina de cobrança observando o direito do consumidor! Também não esqueça do monitorar o pagamento do cartão de crédito e de suas devidas taxas das operações financeiras.

Reflita se você empresário terá condições de fazer isso sozinho ou se precisa ter apoio de um funcionário, pois é necessário que seja feito no mínimo os itens explanados.

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s