Venda casada, segundo a legislação…


Na busca de vender mais, procura-se usar estratégias para estimular as vendas. Algumas estratégias gera intimidação do cliente, levando a pensar se ele não aceitar uma “suposta venda casada”, não vai ter acesso ao produto ou serviço que ele mais quer.

O ministério da justiça apresenta um video sobre aspectos legais quanto a venda casada, assista:

Anúncios

A tecnologia: uma solução para novos pontos comerciais


Todo empresário que atua no varejo sonha com um  ponto comercial onde concentra seus clientes potenciais. Só que esse sonho a cada dia fica difícil com a saturação de empresas nos grandes centros comerciais e pela especulação imobilária.

O avanço tecnológico vem trazendo uma grande contribuição para se abrir negócios em lugares imagináveis, com uso de um espaço mínimo, quebrando a regra de custo e indicadores de venda – mas concretizando sonhos!

Um dos grandes exemplos é o que aconteceu no metro na Coreia do Sul com o lançamento de uma filial do supermercado inglês, chamado Tesco, que utilizou as paredes da plataforma como vitrine e ao mesmo tempo gôndolas para compras on-line dos seus produtos com entrega a domicílio. Como se pode assistir no video a seguir:

 

Pode-se também ver um exemplo similar no Aeroporto de Portugal para apoiar aquelas comprinhas de última hora que resolve a vida e necessidades de muitos viajantes, como se pode visualizar na fotografia abaixo:

Fotógrafa: Conceição Moraes

Essas experiências vem contribuir e quebrar mitos sobre como instalar um ponto comercial, além de redefinir o processo de gestão e indicadores de venda, como por exemplo: o processo de merchandising, reciclagem das imagem a serem apresentadas para os clientes, indicadores de vendas por espaço utilizado, gestão de estoque, além do processo logístico.

Análise a viabilidade e busque alternativas criativas para sua empresa!

Natal: aquecimento das vendas x qualidade


Neste período cresce a contratação de mão-de-obra temporária diante da expectativa do aumento das vendas: novos funcionários e oxigenação do ambiente da força de venda. Todos ganham se o processo for planejado!

Quando o processo é planejado, os novos funcionários contratados são treinados para conhecer os produtos e serviços, o perfil dos clientes mais constantes na empresa, qualidade no atendimento e  sobre técnicas de vendas. Esse investimento gera retorno financeiro para empresa de forma imediata, além de descobrir potenciais funcionários para fazer parte da equipe permanente.

O sintoma de quando não acontece o processo planejado é baixo resultado das vendas, clientes reclamando do atendimento, funcionários que não conseguem responder as perguntas dos clientes. Quando se vai efetuar o pagamento, observa-se mais de um funcionário orientando para obter a efetivação do pagamento. Tudo isso gera um desgaste para a imagem da empresa.

Grande reflexão é: se eu não planejei, o que ainda posso fazer para reduzir o desgaste e obter grandes resultados neste final de ano?