gestão de estoque, Gestão empresarial, logística

Gestão de estoque: desafio para muitas empresas…


Desafios de gerenciar estoque quando se trabalha com muitos itens.

Primeiro para empresa que tem condições de informatizar todo o processo de gestão, envolvendo desde a entrada, o processo de venda e saída da mercadoria – é o ideal.

Mais não para por ai! É necessário constantemente analisar o comportamento das vendas no sistema e o tempo que a mercadoria fica no estoque.

Quando o produto fica muito tempo no estoque você deve fazer as seguintes analises:

  • Há defeito no produto?
  • O produto teve a oportunidade de exposição na área de vendas?
  • Foi oferecido pelos vendedores nas vendas?
  • Existe rejeição por parte dos clientes?

 

Essas perguntas poderão ajudar a diagnosticar e contribuir nas possíveis soluções:

  • Produto com defeito, você poderá negociar com os fornecedores para você trocar.
  • Problema de exposição e oferta, você deverá criar espaços para os produtos serem expostos e criar metas de vendas para as vendedoras oferecerem os produtos.
  • Quando existe rejeição, é importante analisar! Se o produto tem o perfil dos clientes que vocês atendem, se o valor percebido do produto versus preço, se está com defeito… e outras questões.

A partir dessa análise você terá  que tomar decisões de imediato!

Pense que produto é dinheiro! E não pode ficar parado!

Anúncios
Empresário, Gestão empresarial

Ambiente empresarial: decisão individual com repercussão coletiva


Nunca como nos dias atuais que uma ação individual há impacto coletivo. A sociedade vive um processo de mudança e de conscientização sobre o efeito colateral positivo e negativo das decisões empresariais. Existe vários movimentos promovidos por algumas instituições tais como Institutos Ethos, Akatu, Greenpace, Parceiros Voluntários, Voluntários online, Transparência Hacker, entre outros como que atuam em diversos ambientes da sociedade para fortalecer a consciência coletiva e sua responsabilidade.

Quando um indivíduo decide lucrar financeiramente sem respeitar a sociedade, uma região até mesmo a imagem de um pais; grandes estragos acontecem e todos perdem.  Na perspectiva empresarial, esses danos poderá prejudicar a imagem de uma empresa, de um setor econômico até uma região que se concentra várias empresas do mesmo segmento.

Diante do “leite derramado”, resta duas questões: diagnosticar as fontes que geraram os escândalos e agir!

No processo de diagnóstico, vários representantes da sociedade poderá contribuir.

  • O governo poderá contribuir em viabilizar as investigações e o uso de sua autoridade para tomar as devidas providências.
  • Os meios de comunicação assumi um papel valoroso de conscientizar, educar e apoiar na transparência social quanto a verdade e as ações corretivas que estão sendo tomadas.
  • Os empresários poderão disseminar as melhores práticas empresárias do seu segmento e contribuir com as instituições que venham promover a legalidade.
  • Os consumidores assumir o consumo consciente, tornando-se competente em analisar e divulgar como identificar um produto que respeite os aspectos legais.

Nas ações corretivas, os empresários deverão buscar a excelência empresarial para que possa blindar suas empresas e restaurar sua imagem perante o mercado consumidor. De acordo com os escândalos, as empresas que sofreram o efeito colateral, deverão buscar gerar transparência de suas ações, além de buscar certificações de origem dos insumos e qualidade do produto final. As principais instituições que contemplam diversos seguimentos são InmetroABNT, IBAMA, ANVISA e CPRH.  As demais instituições de referência poderão ser escolhidas de acordo com o segmento e a necessidade da abrangência da certificação no âmbito nacional e ou internacional.

Nas grandes turbulências, os empresários amadores são dizimados e os profissionais poderão se fortalecer para um comportamento empresarial que busque a excelência de forma responsável e consciente. A preservação do lucro das empresas do futuro está cada vez mais atrelado com a transparência, responsabilidade sócio-ambiental e a ética.

Caso você queira refletir sobre suas práticas empresariais, faça o teste sobre sua responsabilidade social no link sobre a 3a geração.

Estratégias, Gestão de serviços, Gestão empresarial, Oportunidade de negócio, Plano de negócio

Lan house: renove sua forma de fazer negócios!


Alguns tipos de negócios passam por um processo de mudança estratégica com o objetivo de sobreviver e aumentar sua lucratividade.  A lan house está passando por essa fase de transição. Leia mais neste artigo sobre repensar sua visão de negócios.