Avaliação de ponto comercial, Comportamento do consumidor, Gestão empresarial, Marca, Mercado, Modelo de negócio, Mundo virtual, Oportunidade de negócio

No novo sentido de ser do varejo


desafio

Com as mudanças do comportamento do consumidor, o avanço tecnológico nos negócios e na vida das pessoas; vem gerando uma verdadeira revolução no pensar estratégico quanto a finalidade e a importância do ambiente físico do varejo.

O avanço das mudanças nas estratégias dos pontos comerciais vem forçando  a mudanças para sobreviver, principalmente nos segmentos que mais se vende no comércio eletrônico e outros que possuem uma visão de vanguarda.

O comportamento dos consumidores estão dando relevância para o varejo que promova novas abordagens de relacionamento e uso inovador do ambiente.

Exemplos dessas estratégias que proporcionem:

– promover experiências com o produto e ou no ambiente

– encontros sociais

– centros de conhecimento, aprendizagem e informação

– locais de recreação

– locais de relaxamento

O empresário para aplicar alguma dessas estratégias precisa conhecer os seus clientes e o comportamento de consumo dos produtos que comercializa. A partir desse conhecimento. Se poderá escolher uma abordagem mais coerente para gerar interação com os clientes e seus amigos. Seja coerente e original para ganhar legitimidade a adesão dos clientes a sua proposta!

Anúncios
Avaliação de ponto comercial, Comportamento do consumidor, Consultoria, Gestão empresarial

Um olhar de fora…


Foto: Conceição Moraes
Foto: Conceição Moraes

Todo ser humano tende a se acostumar com seu entorno e não mais visualizar e discernir o que é bom e ruim quando envolve pequenos detalhes. Tudo passa ser normal para seu dia a dia.

O grande problema é quando isso acontece em um ambiente empresarial, e principalmente, no varejo – área de vendas.

Então para você tomar uma vacina contra esse mau, se algumas dicas:

– contrate uma consultoria para avaliar seu ambiente de vendas e seu atendimento, abordando as questões de merchandising.

– se no momento, você não está com recurso para tal chame um amigo e peça ajuda para:

  1. Fotografar toda sua empresa nos mínimos detalhes: fachada, rua, espaço de estacionamento, vizinhança, toda área interna, sinalização da empresa, como os produtos estão arrumados, forma que os preços estão identificados, limpeza, visual de quem está no atendimento, etc.
  2. Observar o ambiente externo da empresa, como os clientes chegam a sua loja e se possuem alguma espécie de dificuldade.
  3. Anotar quantos clientes entram na empresa e quantos saem com alguma sacola de compra.
  4. Se seus clientes levam com frequência crianças e como elas se comportam da empresa e em que área ou momentos que geram irritação para os país
  5. Como está a acessibilidade para pessoas com deficiência visual e física
  6. Observar qual o caminho mais frequente que os clientes circulam na empresa e as áreas que ele menos circula.
  7. Anotar tudo que os clientes mais reclamam e gostam
  8. Anotar os itens que os clientes procuram e que sua loja não tem.
  9. E outras questões pertinentes a sua atividade

Consolide todas essas informações, pois eles são valiosas e significam um diagnóstico da sua empresa.

Comece a ler o relatório, reflita, pesquise sobre as melhores práticas do mercado e planeje suas melhorias. Caso o grau de complexidade seja grande para você, procure o atendimento da orientação empresarial do Sebrae para analisar as informações ou busque o programa SEBRAEtec para consultoria em layout e identidade visual.

Nunca deixe de renovar o ambiente da sua empresa!

Boa Sorte!!!