Quando busco entender o cliente, tudo acontece…


Entender o cliente é a peça fundamental para o sucesso de uma empresa.

sentidos

Para isso, preciso primeiramente escutá-lo, entender suas necessidades, seus critérios de escolha, como eles veem os seus produtos e serviços, como é o comportamento de consumo. Só depois dessas infromações se deve procurar agir para satisfaze-lo no momento atual e superando sua expectativa diante suas demandas futuras.

Quando se entende o cliente, você  pode começar a utilizar estratégias de atrair e influenciar os clientes para que eles possam cada vez mais familiarizados com a marca e juntos transmitir o estilo de vida e valor que sua marca proporciona! Sua marca começa fazer parte da vida do cliente!

O relacionamento com o cliente não se esgota no que já falei. É necessário engajar e envolver o cliente na dinâmica da empresa, isto é, incluí-lo na conversa sobre a empresa para que se sintam fazendo parte da marca e especial.

Essa dinâmica faz parte dos dias de hoje: entender, atrair e engajar.

Dessa forma vocêpoderá ter ações que vãogerarresultados e fazersuaempresaacontecer no mercado.

Cuidado com sua prática empresarial seja igual a essa imagem desse artigo, perante seus clientes e funcionários que pretendem contribuir para melhor entender os clientes!

Anúncios

Por que é importante conhecer os potenciais clientes que se pretende trabalhar?


Para cada grupo de perfil de cliente poderá representar uma abordagem diferente na comercialização, tendo em vista que:

• As suas necessidades exigem e justificam uma oferta distinta de apresentar e comercializar os produtos e serviços.

• Eles são alcançados através de diferentes canais de distribuição, desde da venda direto da indústria ao marketing direto. É claro que existe situações que se pode escolher o canal de distribuição por uma questão estratégica.

• Eles exigem tipos de relacionamentos diferentes, a abordagem de comercialização e de construção de relacionamento precisa corresponder com as necessidades e expectativas de cada grupo de clientes.

• Eles têm rentabilidades substancialmente diferente, de acordo com o perfil e abordagem de comercialização poderá diferencia os ganhos financeiros ou simplesmente, se ter mais trabalho operacional com os mesmos ganhos, entretanto, reduzindo riscos financeiros.

• Eles estão dispostos a pagar por aspectos diferentes da oferta. Existe clientes que deseja comprar mais do que o produto em si, mas os serviços que estão agregados. Dessa forma, precisa-se entender o que é mais importante para o cliente: o serviço ou o produto, pois dessa forma se poderá definer melhor o preço que se irá apresentar para os clientes.

Essas questões são importantes ser compreendidas pois tendo essa definição se poderá definer todo o modelo de negócio que se pretender empreender.

 

Fonte: Osterwalder(2010)

Caso sua empresa desapareça, os clientes sentirão sua falta?


Você, dono de empresa, precisa fazer essa pergunta constantemente.
É uma grande forma de avaliar se você só está vendendo ou fidelizando seus clientes e realizando um atendimento diferenciado.

Pesquisadores americanos identificaram que as empresas, que todos amam e que sentiriam sua falta, são altamente lucrativas. Também descobriram algumas características que são comuns a todas elas, tais como:

• procura conciliar e alinhar os interesses de todos os atores, clientes, fornecedores, sócios, sociedade e entre outros que são envolvidos com a empresa;
• o pró-labore é coerente com a realidade da empresa;
• possuem a cultura de “portas abertas” de acesso aos gerentes e empresário;
• contratam pessoas que gostam “de gente” e são entusiasmadas com os clientes;
• veem os fornecedores como parceiros e colaboradores para melhoria da empresa;
• a remuneração e os benefícios para os funcionários são elevados para a categoria;
• possuem uma política de desenvolvimento e retenção de talentos;
• possuem baixos custos com marketing, perante as outras empresas; ao mesmo tempo, a sinergia de toda empresa, funcionários, gerencias, fornecedores são intensos na busca da satisfação e retenção de clientes.

Todas essas características, independente do porte da empresa, poderão ser colocadas em prática! Basta ter a força de vontade e união de forças com todos que fazem parte da empresa. É claro, não esquecendo de que você precisa conhecer muito bem seus clientes: como consomem seus produtos e serviços, como gostam de se ser tratados, seu estilo de vida, o que eles mais gostam e o que mais eles detestam, seus anseios ainda não atendidos quanto ao segmento da empresa que você trabalha.

Busque fazer a diferença na vida de seus clientes!

(Fonte: Kotler, 2010)