Diferencial estratégico, Gestão empresarial, Inovação, Oportunidade de negócio

Concepção de empresa x sustentabilidade


Vendo esta imagem em uma região da Turquia, onde as pessoas compartilhavam a mesma caneca para beber água. Fez me lembrar que em 1907 dois amigos, Moore e Luellen começaram a dispertar a possibilidade de comercializar copos descartáveis para susbstituir as canecas de metal que ficam ou ficavam nas fontes de água pública.

Fotógrafa: Conceição Moraes

Essa idéia só teve seu sucesso consolidade oito anos depois.  O consumo foi estimulado como fonte de prevenção de doenças através de campanhas publicitárias. Atualmente, se consome mais 220 bilhões copos de papel e plásticos são usados no mundo.

No decorrer dos anos muito mais produtos e utensílios foram produzidos para uso de forma descartável. Esse consumo foi estimulado por muitos anos como sendo mais conveniente, mais higiênico, além da economia do tempo.

Atualmente, o “hábito do descarte” está sendo questionado por conta do volume de lixo criado pela sociedade.

Fonte: Revista Bola News

Esse contexto vem a questionar os negócios existentes e os novos empreendimentos. As empresas existentes precisam rever o ciclo de vida de seus produtos e a necessidade de desenvolver a logística reversa.

Os novos empreendimentos do futuro já precisa ser concebido pensando em todas as fases do ciclo de vida do produto e inclusive os resíduos gerados na produção. Ao pensar dessa forma, observa-se novas oportunidades de negócios para trabalhar com subprodutos, agregando valor, gerando longividade nos negócios e rentabilidade para empresa.

Anúncios
Gestão empresarial, Oportunidade de negócio

Lan house: ainda é uma oportunidade de negócio?


O segmento de lan house vive atualmente em um processo de transição.  Seu mix de serviço, seu conceito como negócio e as oportunidades a serem exploradas estão modificando. Sem deixar de citar quanto a imagem do segmento, que deixa de ser visto como ambiente de marginalização para um ambiente de promoção da cidadania digital.

Alguns empresários desse segmento estão preocupados com os clientes que deixam de freqüentar sua lan house porque compraram um computador ou fizeram alguma assinatura de banda larga para acessar a internet em casa. Apesar de ser pertinente sua preocupação, a preocupação e seu foco deverá estar voltado para continuar atendendo esse clientes com outros serviços e buscando captar a parcela que ainda não acessa a internet.

Pesquisa já realizadas, mostra que 34,5% da população acessam a internet. Com esse  dado que você precisa estar focado e fazer a seguinte pergunta: Onde estão os 65,5% da população que não acessam a internet? Aí está o grande filão de mercado! Entender e captar esses potenciais clientes para suas lan houses.

Reflita mais lendo sobre apresentação a seguir

Um novo olhar para as lan houses…