comportamento empreendedor, Cultura Organizacional, Empresa familiar, Gestão empresarial

Sobrevivência das empresas x cenário de oportunidades


Diante dos dados apresentados pelo Sebrae da pesquisa sobre a sobrevivência das empresas, mostra que o estado de Pernambuco foi o que obteve o pior índice da sobrevivência das empresas durante os dois últimos anos.

Essa informação parece se contraditória quando olhamos para todos os investimentos que o estado está vivenciando. Podemos até se dizer que Pernambuco encontra-se em um verdadeiro canteiro de obras e não parando de entrar grandes investimentos.

Esse contexto nos leva a hipótese de viver em um mar de oportunidades não significa sucesso absoluto!

Este artigo dá início a uma séria de análise sobre a realidade do processo de empreender e a gestão das pequenas empresas.

Inicialmente, gostaria de resgatar uma pesquisa feita em 2002 que tem como título Cara Brasileira: a brasilidade nos negócios – um caminho para o “made in Brazil”. Essa pesquisa relata vários aspectos da cultura brasileira e evidencia a cultura da gestão dos pequenos negócios, indicando os pontos fortes e fracos.

Os pontos fortes, literalmente contribui para  uma grande capacidade que temos de gerar um diferencial competitivo, sabendo explorar profissionalmente.

Os pontos fortes são:

  • diversidade racial e cultural
  • alegria e otimismo
  • ênfase nos relacionamentos pessoais
  • hospitalidade
  • criatividade
  • cordialidade

A abertura para diversidade contribui enormemente para sermos um país acolhedor, consequentemente cordial e hospitaleiro. A criatividade potencializa a nossa capacidade de promover um diferencial competitivo e a capacidade de apresentarmos alternativas inusitadas para os negócios, além de um tratamento personalizado na abordagem comercial das empresas.

Entretanto, é observado alguns aspectos negativos, além de criar uma imagem negativa para o mundo e entre nós brasileiros.

Esses aspectos negativos são:

  • idéia que todos querem tirar vantagem
  • desprezo pela técnica
  • falta descompromisso com acordos firmados
  • desonestidade em nome da família e dos amigos

Os itens citados acima prejudica as relações comerciais entre as empresas, gerando resistência na relação de confiança em fechar negócios e parcerias, além de reforçar um processo burocrático em nome da segurança dos acordos firmados.

Um ponto que gostaria de destacar é o desprezo pela técnica que podemos traduzir pela desvalorização do profissionalismo e conhecimento técnico necessário para gerenciar uma empresa.

Muitas pessoas abrem empresas e não sabem ao menos o preço de custo real de seus produtos e serviços que irão comercializar, não possuem domínio dos indicadores de resultados da sua empresa. Resumem-se em verificar se tem ou não dinheiro para pagar as contas e se há sobras para o seu próprio usufruto.

Como as empresas poderão ser competitivas e sobreviverem com essa mentalidade?

Por mais que se apresente dicas e orientações, mas se não se muda a forma de pensar das pessoas que querem empreender, como se pode mudar esse resultado do índice de sobrevivência das empresas no Brasil…

Ainda há uma luz no fim do túnel, basta refletir , mudar o comportamento e começar buscar a administrar profissionalmente as empresas!

globosfera, Mundo virtual, redes sociais

Pesquisa e inclusão empresarial nas mídias sociais


As pessoas e empresas, no Brasil, vêm avançando na utilização das redes sociais. Como se pode observar no quadro estatístico elaborado por comScore, empresa internacional de monitaramento digital:

 E na semana passa, foi ao ar uma reportagem sobre as redes sociais que você poderá assistir através deste link  http://g1.globo.com/videos/jornal-da-globo/v/redes-sociais-mudam-jeito-de-se-comunicar-atraves-da-internet/1602357/

Diante do exposto, é importante começar a planejar a inclusão da sua empresa nas redes sociais.

O início do planejamento pode-se rever nos seguintes links Introdução e Passos 1 a 3.

E dando continuidade ao planejamento, a seguir será detalhado os passos 4 ao 6.

Antes de definir e escolher as soluções digitais, sempre é bom realizar uma sondagem para conhecer o que está sendo utilizado e como a concorrência está atuando. Logo, comece a executar as seguintes ações:

4. Pesquisar sobre sua empresa e da concorrência nas mídias digitais.

Fora as pesquisas de campo tradicionais e das analises de informações gerenciais, deve-se aprofundar, essencialmente, a pesquisa na internet.

Pesquisar os dados quantitativos e qualitativos sobre sua empresa e concorrência, utilizando os vários aplicativos de busca e monitoramento das redes sociais, como por exemplo:

5. Mapear as tendências e as melhores práticas na presença digital

Boa parte das melhores práticas estão públicas em videos e estão sendo objeto de artigo de sites especializados e Blogs. Logo, novamente se deve acompanhar na internet através das RSS Feed, que é um agregador de conteúdo que envia as novidades, dos principais aplicativos, tais como:

  • Google Alert
  • Sites oficiais das plataformas dos blogs, etc.

Segundo a TechLab, as empresas mais presente na internet realizam as seguintes atividades:

51% escrevem Blogs.

55% deixam comentários emBlogs.

55% assinam algum tipo de RSS.

57% gerenciam perfis em redes sociais.

62% visitam Sites de Compartilhamento de fotos.

63% ouvem podcasts

68% fazem upload de vídeos

71% fazem upload de fotos

87% lêem Blogs

94% assistem Vídeos online

Será necessário conhecer as expressões em inglês sobre as estratégias e abordagem utilizadas para ajudar nas pesquisas. Atualmente, existe muitas novidades internacionais que estão sendo reproduzidas no Brasil.

                                    6. Definir os pontos de contato digitais

De acordo com o perfil do público-alvo da empresa e o resultado do levantamento os passos 1 a 5, deve-se escolher os contatos digitais que a empresa pretente manter e se relacionar com os clientes. Tais como:

Depois da escolha dos meios de contato, escolha a imagem da marca, dados da empresa, o nome oficial que será utilizado no cadastro em cada plataforma.
Acho que terão bastante trabalho com esses passos… O próximo post darei continuidade.